fbpx

VENDAS 0800 - Ver telefone

A importância das obras limpas e sustentáveis

No post de hoje vamos dialogar sobre a nova roupagem da Construção Civil. Além dos inúmeros avanços tecnológicos, assistimos o surgimento da necessidade de pensar em obras mais rápidas. Sobretudo mais sustentáveis, sem resíduos e consequências ambientais.


Estamos estagnados em cultura do desperdício e do mau descarte dos resíduos das construções. Por isso, é necessário tratar o problema e não apenas estipular soluções para as consequências.


Ressaltamos também os desafios que há para a gestão pública local, a respeito da coleta desses resíduos, posto que grande parte das obras urbanas pequenas reformas ou demolições feitas pelo próprio dono do imóvel. Dificultando o controle e consequentemente as coletas de forma ideal desses resíduos.

Portanto, o surgimento das obras limpas, que requerem menos materiais para obra e utilizam pouquíssimos recursos naturais, não são apenas parte de um sistema de construção e sim um
braço do movimento que acelera o desenvolvimento do setor. O posicionando frente as pautas sustentáveis, além de propor uma enorme redução de custos.

Obras limpas: Resolução 307

O conceito de Obra Limpa surgiu em 2002, através do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) e da sua resolução 307. Estabelecendo diretrizes e critérios para o descarte e tratamento do entulho.

Segundo a resolução, as classes de entulho/resíduos são definidas dessa forma:
Classe A:
resíduos que podem ser reciclados ou reutilizados.
Classe B:
resíduos que podem ser reciclados e utilizados em outros setores.
Classe C:
resíduos que foram descartados de maneira incorreta e se tornam rejeitos.
Classe D:
resíduos perigosos a saúde humana.

Rapidez e Economia

Para além da legalidade e responsabilidade urbana, as obras limpas podem ser muito rentáveis para quem adota essa filosofia de construção.

A exemplo dos Construtivos Térmicos, referência em obras rápidas e limpas, seu sistema de construção é muito mais rentável e ágil comparado a alvenaria convencional. Confira a nossa matéria especial comparando os dois métodos aqui.

Afinal, você reduz o gasto com produtos e garante menor margem de erro de proporção deles na obra. Além de, garantir uma obra de excelente funcionalidade com mínimos resíduos e explorando o mínimo dos recursos naturais. Obras mensais que podem ser finalizadas em 15 dias.

Facilidade para você, economia para o seu bolso e ações sustentáveis que ajudam o meio ambiente.

Repense e opte pela inovação. Conheça nossos Construtivos Térmicos.

Usamos cookies neste site para analisar e melhorar a experiência do visitante. Ao continuar a navegação você aceita o uso desses cookies e concorda com nossa Política de Privacidade. Para saber mais clique aqui.