Linhas de Vida: A Segurança do Trabalho como aliada no desenvolvimento do setor de Engenharia Civil

São muitas as pautas sobre desenvolvimento e utilização de novas tecnologias que favorecem a produtividade na Engenharia Civil. Para além da preocupação de obras mais assertivas, é perceptível a urgência de discussão sobre a segurança nos canteiros de obras.  

A partir de dados da Previdência, encontrados neste link, entre os anos de 2014 e 2018, foram registrados no Brasil quase 2 milhões de afastamentos por acidentes que ocorreram dentro do ambiente de trabalho.  

Considerando a natureza e os riscos da profissão, o setor de Engenharia Civil conta com normas e leis de segurança do trabalho, constituídas da soma de conhecimentos técnicos e normas específicas que colaboram para a redução das estatísticas de acidentes. Sejam estes por falta de equipamentos de proteção, falta de atenção ou fatalidades que poderiam ser evitadas.  

Dessa forma, anormas de segurança do trabalho são de extrema importância para o planejamento e gestão de projetos, propondo a garantia de proteção de todos os profissionais envolvidos, de modo a evitar acidentes e contribuir para a legalidade da obraAlém disso, a soma de colaboração e medidas protetivas resultam em um ambiente de trabalho mais saudável e produtivo.  

Sobre as principais causas de acidentes: A longo prazo, como é possível proteger os trabalhadores?

Dentre as principais causas de acidentes e afastamento de trabalhadores do setor de Engenharia, se destacam: 

  • Quedas 
  • Cortes 

As estatísticas apontam que as causas estejam relacionadas à presença de maquinário obsoleto, falta de atenção ao manusear tais objetos e a ausência de equipamentos adequados para a segurança, como o equipamento de proteção individual (EPI). 

Nesses casos, a responsabilidade é uma via de mão dupla. A supervisão do empregador em conjunto com a disciplina do profissional é a estrutura ideal do fluxo de trabalho. Para diminuir e evitar riscos, de modo a prevenir acidentes, listamos algumas pequenas ações de longo prazo que podem diminuir essas estatísticas:  

  • Ações de Endomarketing de conscientização sobre Segurança do Trabalho 
  • Fiscalização 
  • Contratação de profissionais capacitados 

Linhas de Vida: A curto prazo, como é possível proteger os trabalhadores?

A curto prazo, é necessário pensar na exequibilidade e o uso de equipamentos de proteção na prática. Citando como exemplo os Sistemas de Linhas de Vida, cabeamentos fixados em pontos de ancoragem permitindo que o trabalhador possa se movimentar livremente em segurança.  

As linhas de vida, comumente chamadas de “linhas antiquedas”, demonstram ser a opção mais assertiva para assegurar a proteção contra quedas de alturas elevadas, além de se mostrar como uma opção de excelente custo-benefício, visto que é um equipamento de proteção coletiva, pois suporta vários trabalhadores ancorados ao mesmo tempo. Porém, é importante ressaltar que elas não dispensam o uso de outros protetores, como o equipamento de proteção individual (EPI).  

No link abaixo, é possível visualizar uma demonstração do Sistema de Linha de Vidas na prática. 

Conheça o Sistema de Proteção Contra Quedas Kingspan Isoeste

Visto que a segurança no canteiro de obras é primordial para um ambiente de trabalho que seja produtivo e dentro da legalidade que o segmento de Construção Civil exige, a Kingspan Isoeste em parceria com a 3M apresenta o Sistema de Proteção Contra Quedas.  

A partir dos esforços em alta tecnologia para produção de soluções de Proteção Contra Quedas, os sistemas de proteção individual e coletiva, são projetados para minimizar a carga dinâmica aplicada ao teto em situações de queda.  

O RoofSafe™ Rail, é um sistema de trilhos em alumínio extrudado de qualidade, indicado para obras em geral, oferecendo excelente funcionalidade com seu carrinho de livre circulação. Além disso, ele possui ponto de fixação ideal para o trabalho de acesso por corda. Permitindo pintura, limpeza e manutenção da fachada por trabalhador em suspensão. 

Já para telhados compostos de telhas metálicas, é recomendado o Sistema RoofSafe™ Cable. Sua instalação é fácil, rápida e o equipamento conta com Tecnologia SpiraTech, atenuando impactos dinâmicos a no máximo 6kN, preservando também a integridade da cobertura.  

No link a seguir, você confere essas e mais vantagens de adquirir os Sistemas de Proteção Contra Quedas da Kingspan Isoeste.

Sistemas De Proteção Contra Quedas

Ressaltamos que todos os produtos são testados e aprovados para garantir a segurança e tranquilidade da sua obra. 

Levando em consideração a natureza do trabalho, em suma, podemos inferir que sempre haverá riscos. Porém, com planejamento, colaboração e medidas protetivas é possível reduzir as estatísticas de acidentes que acontecem por falta de atenção ou por utilização de equipamento inadequado.  

Atentando-se a isso, o canteiro de obras se torna um espaço de desenvolvimento para elevar o nível de qualidade da Engenharia Civil no Brasil, que a cada dia, se aliando ànovas tecnologias do mercado, caminha rumo ao progresso.  

Categorias

maio 2020
S T Q Q S S D
« abr    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031